• comercial@arquiconsult.com
  • (+351) 218 205 610
| terça, 27 abril 2021 |

Onde estão os dados do seu ERP/CRM mais seguros?

A segurança desempenha um papel importante nas discussões em torno da escolha entre soluções on-premise e cloud. A nossa observação a tendência on-premise é muitas vezes tida como a opção mais segura. Simplesmente por causa da proximidade desses dados e da ideia de ter controle sobre os mesmos. A questão interessante, naturalmente, é se essa suposição está correta e como é a realidade de hoje. Onde estão os dados do seu ERP/CRM mais seguros - no seu próprio datacenter ou na Cloud pública?


A segurança de dados recebe muita atenção hoje em dia. E com razão por que há muitas partes que têm interesse em aceder, controlar ou mesmo apoderar-se dos seus dados. Nos mercados altamente competitivos de hoje, as organizações são forçadas a ser extremamente cuidadosas com seus dados por várias razões.


Então, onde está a sua informação vital mais segura? Vamos considerar esta questão numa situação on pemise.

O primeiro tópico a pensar é o nível de profissionalismo que necessita. Os hackers estão a tornar-se mais sofisticados a um ritmo rápido, por isso este nível também devemos acompanhar. Idealmente, estaria sempre um passo à frente destes hackers. Portanto, deve considerar o nível de profissionalismo da sua equipa de TI, a sua experiência e mentalidade, análise de budgets e a sua capacidade de preencher as posições vagas.


O segundo tópico é a profundidade do seu conhecimento. Quão conhecedora é a sua equipa de TI hoje? Qual foi a última vez que teve em vista a contratação de um novo colega? Qual é o tamanho dos seus orçamentos para formação e criatividade? Isso é o suficiente para acompanhar o ritmo? E qual foi o budget disponibilizado para este tema nos últimos anos?


O terceiro tópico é o seu conhecimento e experiência. Até que ponto é capaz de cobrir todos os aplicativos, bancos de dados, sistemas operacionais e ferramentas de relatórios que a sua organização usa hoje? Está satisfeito com a capacidade de resposta?


O quarto tópico é o acesso físico aos seus servidores. Qual é a precisão do controle de acesso à sala do seu servidor? Quantas pessoas diferentes têm acesso? Tem alguma ideia o que colegas e parceiros externos fazem nesta sala? E por favor não se esqueça do staff de limpeza da empresa de limpeza que trabalha após o horário de encerramento.


E finalmente auditorias. Com que frequência é realizada uma auditoria profissional? Entregue a uma empresa externa que lhe diz onde se encontram os pontos fracos da sua estratégia de segurança. E qual é a sua exatidão no seguimento dos seus conselhos?



Estimativas aproximadas dizem que 40% de todas as empresas que utilizam soluções on premise não fazem um backup diário dos seus dados. Isso é uma notícia chocante para si? E tem a certeza que a sua organização pertence aos outros 60 por cento? Vamos encarar os factos. No mundo de hoje, a segurança dos dados é de vital importância. Você tem de gerir um negócio e concentrar-se nos seus clientes, nos seus colaboradores e nos resultados desejados. E assegurar a segurança dos dados não é a sua atividade principal.


Em 2020, a Microsoft ganhou o contrato de Joint Enterprise Defense Infrastructure concedido pelo Pentágono, a sede das Forças Armadas dos Estados Unidos. Provavelmente a organização do mundo que mais valoriza a segurança comparativamente a outras empresas. E que tem mais a perder! Este contrato pode potencialmente remover o nervosismo em muitas empresas relativamente à segurança na Cloud. A Microsoft tem 3.500 engenheiros de segurança cibernética e investe 1 bilhão de dólares por ano em segurança cibernética. Não há necessidade de argumentar que a segurança nos datacenters da Microsoft é muito melhor que a sala do servidor e profissionais de TI na maioria das PMEs. Incluindo a sua?



Mais informações disponíveis no nosso site

Saber Mais

Ler 259 vezes Modificado em terça, 27 abril 2021

Testemunhos